Página Inicial > Hamburgo, Música > Jana Nitsch

Jana Nitsch

Altona, Hamburgo

Numa praça, junto à Isabel e ao Phellip, ouvi o som de um acordeão… uma garota o tocava.

Normalmente não fico ouvindo ostensivamente para economizar moedas, e lá ainda mais, que já que as moedas eram euros :)

Mas não resisti quando ela começou a cantar… logo comprei um CD (independente) e fiquei lá, ouvindo-a, por uns bons 20 minutos.

Ela canta conduzindo o instrumento maior que ela como se ele fizesse parte de seu corpo miúdo, e, juro, não fosse a lei da gravidade garanto que ela flutuaria, pois dançava sentada num banquinho da praça.

Capa do CD - Jana

Capa do CD - Jana

E sua voz, como sinto com Piaf, não parece lógica sair de tão pequeno instrumento – ela própria.

Logo estava rodeada, o chapéu encheu de moedas e o estoque de CDs se foi (ufa, já tinha comprado o meu). Até o Phellip, que tem perto de 7 anos, ficou lá comigo, quieto, ouvindo-a.

Como não entendo de música só me arrisco a classificar, sem errar, como world music, e as que ela interpretou na praça me lembram músicas irlandesas.

No nosso claudicante inglês perguntei a ela se não tinha um site ou perfil no myspace, ela disse que não… reclamei e ela explicou que seu negócio eram small places.

Como se ela continuar tímida poucos vão conhecê-la, e não achei nada no youtube, compartilho trechos de duas músicas que ela interpretou naquele dia. Ouvindo-as agora posso dizer que não têm mixagem ou edição, foi isso que ouvi ao vivo, talvez até melhor.

Trecho: Hey Little Sister – letra de Jewel.
Trecho: Fly

Categories: Hamburgo, Música
  1. Andrey Sant’Anna
    22, maio, 2009 em 23:27 | #1

    Não só lembram musica irlandesa como o estilo lembra o do Cranberries (especialmente nessa musica Fly), com um toque do acordeão da trilha de Amélie Poulin.

  2. rafael
    28, maio, 2009 em 14:19 | #2

    caramba!!!! realmente espetacular o som e a voz da garota…

    pow edu, vc poderia ter aproveitado que ela nao se promove e ja fechava um contrato com ela, sendo o empresario da mesma…

    ha?!

  3. 28, maio, 2009 em 17:23 | #3

    Rafa, imagina eu empresário? Só ia conseguir apresentações em São Bento do Sapucaí…

  1. Nenhum trackback ainda.