Página Inicial > Lisboa, Turismo > Keep walking

Keep walking

Bem, resolvi fechar a conta aqui em Portugal antes que eu troque Elis Regina por Amália Rodrigues, Chico Buarque por Zeca Afonso, gerúndio por infinitivo, café puro por café cheio, feijoada por cozido à portuguesa, Original por Sagres, Marlboro de R$ 3,75 por Marlboro de 3,50 euros, bem, e outras tantas diferenças que conheci por aqui.

Fico devendo os álbuns de hoje, o Convento do Carmo e o Mosteiro dos Jerónimos (Andrey, mereço ou não um diploma de turista?), e meu diagnóstico de Lisboa, pois parto agora à noite para Madri de trem, viagem que dura a noite toda, e depois tenho que exercitar meu Domingues para achar a estação de onde parte o para Cádiz, a terra de meus avós paternos.

O projeto lá é investigar as origens de minha calvice e de, segundo muitos, meu temperamento :)

A Lisboa e aos lisboenses (lisboetas?) os meus mui sinceros agradecimentos, principalmente ao Seu António, pai da Isabel, que me mostrou como o povo daqui pode ser gentil.

ps: os agradecimentos não se estendem para o dono da Pastelaria “O Coringa”, aqui ao lado do hotel, o gajo é muito estúpido :)

Categories: Lisboa, Turismo
  1. Andrey
    13, maio, 2009 em 18:17 | #1

    Edu, parabéns pelo diploma de turista, conquistado com louvor por percorrer as principais atrações de Lisboa.

    Em pensamento, mando às favas o gajo da pastelaria também!

    Quanto a seu trajeto, parece meio ilógico ir a Madri quando se quer chegar a Cádiz!

    http://maps.google.com.br/maps?f=q&source=s_q&hl=pt-BR&geocode=&q=Lisboa+to:Madrid+to:C%C3%A1diz&sll=38.479395,-4.746094&sspn=5.924382,9.887695&gl=br&ie=UTF8&ll=38.462192,-6.437988&spn=5.925793,9.887695&z=7

    Mas, se está posto, sugiro que aproveite pra conhecer Madrid.
    Para o trajeto a Cádiz, tome o trem bala Madrid-Sevilha (sai da estação Atocha). É bem rápido, se não me engano 150 minutos.
    No caminho do trem está Córdoba, muito interessante se tiver tempo.
    Se decidir fazer um pit-stop em Sevilha, negue suas raízes e não vá ver uma tourada, pois isso é muito selvagem (o que você dizia sobre seu temperamento, mesmo?).
    Mas aproveite para conhecer a Catedral com o túmulo de Colombo e o Alcázar Real.
    Depois você me conta o que achou de Cádiz, estou precisando de dicas de viagem.
    Prove as paellas locais, o rabo de touro (o prato) e tome uma horchata (deliciosa bebida feita de chufa).

  2. 14, maio, 2009 em 12:06 | #2

    E desde quando eu sou lógico, Andrey? :)
    É que era a única forma de vir de trem.
    Valeu, cheguei.

  3. Andrey
    14, maio, 2009 em 15:17 | #3

    Edu, os Ibéricos é que são ilógicos, a malha de trem na espanha é em estrela passando por Madri.
    Talvez de ônibus se você quisesse, mas de avião sei que não tem…

  4. 14, maio, 2009 em 18:40 | #4

    Avião talvez tenha para Jerez de La Frontera, que é aqui do lado.

  5. 14, maio, 2009 em 18:42 | #5

    Ora, eu sou meio ibérico :) Quantas vezes nós discutimos por conta de lógicas ilógicas? :)

  6. Sérgio
    16, maio, 2009 em 11:08 | #6

    Lógica ou ilógica a viagem está fantástica e a narração deliciosa.

    A revelação de um talento escondido!

  7. 16, maio, 2009 em 16:02 | #7

    Rapaz, a viagem está ótima sim e está terminando, mas também estou com saudades da terrinha, então equilibra e fica sem carinha sorridente e triste. Em breve estou por aí…

  1. Nenhum trackback ainda.