Página Inicial > Paris, Turismo > Chegando a Paris

Chegando a Paris

Consegue-se chegar a Paris sem sequer um ‘Pardon’ ou ‘S’il vous plaît’, já que o agente da imigração mal olhou para a minha cara e não me deparei com nenhum funcionário depois que peguei a bagagem e procurei, desesperadamente, algum lugar para fumar após umas 14 horas de abstinência.
Encontrei um fumódromo, talvez informal pois a única sinalização que encontrei num espaço contíguo às catracas do trem (RER) foi justamente uns sujeitos fumando… ah, que Marlboro bom!
A indicação da Lili era para pegar o RER para Paris e, como encontrei uma máquina que me vendeu o bilhete necessário em inglês, com pagamento via cartão de débito, não tive que gastar o resto do meu francês para comprá-lo.

E depois, como o trajeto era contínuo, chegar à estaçao certa foi tranquilo.

Categories: Paris, Turismo
  1. Andrey
    24, abril, 2009 em 00:06 | #1

    Sobre a entrada em Paris, é tão sossegado que certa vez nem carimbaram nosso passaporte. Coisa muito ruim pra colecionadores de carimbos, como nós.
    Enquanto isso brasileiros são virados do avesso nos aeroportos de Madrid e Lisboa… vai entender.

  1. Nenhum trackback ainda.