Página Inicial > Cinema > Bastardos Inglórios

Bastardos Inglórios

As ações de empresas que produzem sangue artificial certamente sobem a cada anúncio de um novo projeto do Tarantino, mas arrisco recomendar este filme mesmo para quem é sensível a violência e cenas sangrentas, pois o diretor acertou bem a mão e quem quer se divertir pode ir sem medo.

Ouvi falar muito da sequência inicial: é realmente ótima, mas mais adiante outras tão boas quanto fazem valer cada centavo investido. E não é só da ação física que vem o divertimento, o filme é repleto de diálogos magistrais e tem uma fotografia de encher os olhos.

Também antes de assistir vi umas entrevistas onde o Tarantino teve que se explicar sobre as mudanças que promoveu na história da 2a Guerra. Bobagem. Cinema é entretenimento, e este é puro.
ib-cartazteaser-c

Ah, e como se não bastasse, ainda fui apresentado a duas ótimas, e lindas, atrizes européias, Mélanie Laurent melanie e Diane Kruger diane

Sobre a sala: foi um bom trabalho de restauração do Marabá do centro, gerido pela Playarte. Assisti na sala 4, confortável e com boas projeção e som, o único problema é o ar-condicionado barulhento.
Mas atenção: se for lá, leve seu bebedouro! Não há nenhum disponível para os frequentadores – perguntei para um funcionário se eles tinham que comprar a água também e ele me explicou que eles têm uma salinha com água para quem trabalha lá. Quase pedi pra ir…

Categories: Cinema
  1. 23, outubro, 2009 em 09:26 | #1

    Gostei muito do filme. Apesar de eu ser apaixonado pelo Brad Pitt, não vou negar que aquela figura do Caçador de Judeus é absolutamente incrível. Incrível!!!

    Confesso que eu esperava mais, mas saí da sala com aquela sensação de que o cinema vale a pena!!! Uma exceção em meio a dezenas de filmes ruins nesse ano…

  2. 23, outubro, 2009 em 09:40 | #2

    É verdade, o Coronel Landa toma todo o espaço quando aparece… exceto na última cena!

  1. Nenhum trackback ainda.