Arquivo

Arquivo de 30, outubro, 2009

Contrassenso

30, outubro, 2009 Sem comentários

Enquanto tentava remover os últimos vestígios à força, numa autolobotomia urgente e dolorosa, notei que várias coisas na fila da aniquilação só ganharam alguma importância justamente por que precisavam ser destruídas, como se não existissem completamente enquanto o porquê de existirem existia.

Fotos, lembranças, objetos, odores, manchas, letras, papéis, arquivos, acontecimentos, desacontecimentos, prazeres, aborrecimentos. Estavam todos lá este tempo todo sem serem notados, pois logo depois que passaram a existir ocuparam seus lugares de inquilinos no tempo e/ou no espaço disfarçados de nada. E agora, revelados, se agarram aos seus postos como carrapatos, que penam em sair e cobram seu preço em sangue e dor quando finalmente conseguimos arrancá-los.

Os significados de algumas coisas são efêmeros enquanto fazem sentido e perenes quando deixam de fazer.

Categories: Sobre a vida