Arquivo

Arquivo de junho, 2009

Angeli – O TUDO DO NADA

24, junho, 2009 Sem comentários

angeli090624

Angeli – Folha de São Paulo 24/06/2009

Nota: o post anterior foi a manifestação deste movimento na blogosfera :)

Categories: Literatura

24, junho, 2009 2 comentários












Categories: Literatura

Não se reprima, não se reprima…

19, junho, 2009 3 comentários

Nos últimos dias tenho escutado na CBN e Eldorado uma versão moderna e mais tranquila de “Não se reprima”, sucesso do Menudo nos anos 80… São Google esclareceu hoje através do blog Nada além de pop : é o início de uma campanha da Batavo/Perdigão, que vai até agosto :(

Para o mais novos, Não se reprima foi o grande hit dos Menudos na década de 80, mais notadamente em 1986, ano em que eu comecei o colegial e tive que aturar esses caras boa parte do ano – até que fugi da escola  :) .
Eles praticamente monopolizaram os hormônios das meninas da minha idade lá no Estadual da Penha… sobraram poucas, as mais alternativas.. não foi a toa que virei ripongo e comprei uma bolsa de couro ;)

Relendo Calvin

17, junho, 2009 5 comentários

Devia ter falado o mesmo para minha irmã quando era pivete…
Calvin01b :)

Categories: Literatura, Sobre a vida

Venezuela Libre

16, junho, 2009 3 comentários

O sujeito encosta no balcão do bar e pede  “Ô amigo, faz um Venezuela Libre pra mim!”. O barman olha com ar de dúvida e o cliente completa “Já sei, não conhece… este drink é novo, receita do Hugo Chavez: prepara uma Cuba Libre com Coca Zero…”

Venezuela proíbe as vendas de Coca-Cola Zero

Categories: Cotidiano

Parece, mas não é.

15, junho, 2009 3 comentários
Etiquetas e embalagens foram feitas para serem lidas antes da compra, senão você corre o risco de instalar um interruptor de minuteria em vez de um para a lâmpada no seu quarto :(







Nota: se alguém souber de alguém que precisa de um interruptor de minuteria, me avisa? Pois eu conheço alguém que não lê embalagens… ;)
DSC_0060
Categories: Cotidiano

Garapa

15, junho, 2009 Sem comentários

Garapa – 2009

Não, garapa não é o caldo de cana que aqui em Sampa tomamos na feira, junto com o pastel, é uma mistura de água aquecida e açúcar que com que as mães alimentam seus filhos em alguns lugares do Brasil, o que o garoto aí ao lado está bebendo e o que o ajuda a enganar a fome.


Este documentário do José Padilha, o mesmo diretor de Tropa de Elite, acompanhou alguns dias de três famílias cearenses, duas do interior, uma da periferia de Fortaleza.  Fome em P&B, close de fome, sequências de fome.
garapa

O José Padilha conta em entrevista à Revista Brasileiros (que também merece uma leitura*) que após uma pré-estreia aqui em São Paulo foi abordado por um senhor transtornado e, nas palavras dele, levou um pito: “Eu não ou obrigado a ver este filme! Ainda bem que não tive que pagar ingresso. Quem é obrigado a ver este filme são os governantes, eu não tenho nada a ver com isso”.

Certo, não tem que assistir ao filme; errado, tem sim a ver com isso. Todos temos, quer queiramos ter e fazer ou não algo; quer não queiramos e nada fazer. O filme ajuda nos ajuda a decidir isso.

* na entrevista José Padilha destaca a existência de milhões de Brasileiros que sequer têm documentos de identificação, portanto não existem, não participam das estatísticas e ficam à margem de qualquer programa social. E muitos se espantam com o raquítico valor dos benefícios do Fome Zero e similares, mas, poxa, faz muita diferença para muita gente, infelizmente.

Aqui em São Paulo, em cartaz no Cine Bombril, e se o fime der lucro ele vai para as famílias documentadas – o que está difícil: é o único cinema com ele em cartaz, custa R$ 4,00, e somamos uns 8 na platéia.

Categories: Cinema, Cotidiano, Sobre a vida

Esperando a Vitória

13, junho, 2009 4 comentários

Há horas, numa sala de espera wi-fi, todas as palavras-cruzadas completadas, todas as outras Vitórias e Vitórios já nascidos… só restamos nós, parece-me que as meninas do café do andar só esperam a nossa Vitória para fechar.

E nasceu, agora! Pronto, sou Tio-Avô… alguém tem um bom geriatra pra me indicar?

Bem, toda vitória é bem-vinda para um lado só, a nossa Vitória é bem-vinda para todos :)
E que este mundo doido seja um bom lugar para ela viver e ser vitoriosa.

Categories: Sobre a vida

MS – autossabotagem

9, junho, 2009 3 comentários

Essa é boa: passei pelo Windows Update  para atualizar o .net Framework e, após o inevitável reinício, meu IE simplesmente não consegue acessar apenas (até onde pude verificar) o site da Microsoft!

O Firefox, que beleza, o acessa sem problemas.

Vai entender…

Categories: Tecnologia

O equilibrista

8, junho, 2009 Sem comentários
Man on Wire – 2008

Documentário vencedor do Oscar retrata a conquista do World Trade Center por Philippe Petit, equilibrista francês que em 1974 andou no cabo-bambo entre as duas torres por 45 minutos. O filme é bem editado e usa imagens de arquivo, algumas reconstituições, e muitos depoimentos dos amigos que o ajudaram.

Para um desequilibrado como eu, que não consegue se manter em pé num skate por mais de 5 segundos, o filme é literalmente vertiginoso ;) , mas além da vertigem o interessante é acompanhar a obsessão de Petit, que planejava a peripécia desde que leu sobre as torres bem antes de serem inauguradas.

o-equilibrista_poster

Ao fim e ao cabo, ao ser preso, a pergunta que Petit mais ouviu dos reporteres lá de NY foi “Why?”

Ainda em cartaz no Gemini, na Av. Paulista.

Nota: ufa, nenhuma imagem do triste fim das torres, o que achei que ocorreria a título de homenagem, mas que já cansei de ver.

Categories: Cinema