Arquivo

Arquivo de 10, maio, 2009

O pequeno Magalhães

10, maio, 2009 2 comentários

Na Feira do Livro encontrei um estande com o notebook para os miúdos portugueses, que está para ser adotado para todos os estudantes do 1o ciclo, o equivalente ao nosso primário (se é que ainda tem este nome…)

DSC_0418

É tão pequeno quanto parece, o monitor é de 7”, e parece robusto (é mais pesado que o meu de 10”). Na traseira há uma alça, para ser carregado como uma pasta pelas crianças…ops, miúdos. Segundo esta notícia custa 50 euros para o governo, menos do que os U$ 100,00 do que queriamos adotar no Brasil, e existe!

Ah, roda com Windows :)

Categories: Tecnologia

79a Feira do Livro de Lisboa

10, maio, 2009 3 comentários

O que fazer em uma manhã de domingo fria, absurdamente nublada, e com uma feira de livros a duas quadras de distância?
Arrisquei excesso de bagagem e lá fui…

DSC_0411

É assim ao ar livre, nas duas rampas do Parque Eduardo VII, e com barracas padronizadas; tudo muito calmo, sem mutidões.

Leia mais…

Categories: Lisboa, Literatura, Turismo

FEBEAPA em Portugal

10, maio, 2009 1 comentário

Stanislaw Ponte Preta, heterônimo de Sergio Porto, criou no Brasil da década de 1960 o FEBEAPA, Festival de Besteiras que Assola o País, pequenas crônicas cuja matéria-prima eram casos reais de asneiras produzidas, principalmente, por políticos, militares (bem,  naquela época militares eram políticos…) e funcionários públicos.
Casos como o do político mineiro que queria aumentar o comprimento das saias das mulheres com uma lei, ou do outro, não lembro de qual estado, que queria revogar a lei da gravidade… Bem, uma leitura atenta dos noticiosos daí certamente comprovarão que o FEBEAPA continua firme e forte.

E aqui em Portugal…

Diário de Notícias de 08 de Maio
Um professor foi suspenso por que um aluno, filho do presidente de Câmara da cidade, se machucou em uma aula de expressão dramática e “à revelia do docente”: o aluno fechou os olhos e correu contra uma parede.
O professor considera-se injustiçado e explica: “Trata-se do ‘Exercício de Confiança’, em que apenas um aluno de cada vez usa uma fita nos olhos e é posto à minha frente. Mando-o correr para mim a três ou quatro metros de distância, sob a minha voz e ao meu comando. E o Jõao Pedro, um dos primeiros a executar o exercício, fê-lo muito bem e gostou. Depois, enquanto eu estava a fazer o exercício com outro aluno e outros se encontravam à espera, ele foi fazer aquilo que não devia às minhas costas.”
Estou com o professor, afinal o menino precisava aprender a ter confiança em si mesmo.

Público de 09 de Maio
Portugal anda às voltas com uma polêmica alteração de última hora na lei de financiamento dos partidos políticos. Um artigo da lei foi alterado de tal forma que agora as campanhas podem gerar lucro para os partidos, visto que o dinheiro arrecadado de doações privadas não é debitado do dinheiro público que os partidos recebem, e as receitas, somado o público e o privado, podem superar as despesas.
Sobre o tema, o presidente da Câmara de Lisboa (não, não é o pai do caso acima, a cidade lá é outra…), António Costa, elucidou no programa Quadratura do Círculo da SIC-Notícias:
”A legislação sobre os partidos, para além do que é, é também o que parece ser. E, desse ponto de vista, esta iniciativa foi desastrosa. Porque aquilo que parece ser é aquilo que não devia ser. Já vi agora tentativas de explicação de que não é bem assim, mas a verdade é que o que parece é aquilo. E o que parece não devia ser.”
Bem… num programa com este nome cabe bem uma declaração que nos dá nó na cabeça.

PS: sobre o FEBEAPA do Stanislaw, recentemente foi lançada uma edição que soma os 3 livros que ele publicou  desta série. Na Livraria Cultura tem.